Vitamina D: sua importância e como ela age no organismo

Hoje vamos falar sobre a vitamina D. Você sabe qual é a importância dela para o nosso organismo? E como obtê-la?

Para começar, a vitamina D é um hormônio produzido pelo nosso próprio corpo e é essencial para uma vida mais saudável.

Levando em consideração que ela é responsável por fortalecer os ossos, músculos e o sistema imunológico. 

Tanto que a deficiência dessa vitamina no organismo pode causar alterações ósseas, como por exemplo, a osteomalácia ou a osteoporose nos adultos, e raquitismo nas crianças. 

Além disso, alguns estudos científicos relacionaram a deficiência dela com maior risco de desenvolver alguns tipos de câncer, diabetes mellitus e hipertensão.

Em mulheres grávidas deficiência dessa vitamina aumenta o risco de aborto, favorece a pré-eclâmpsia, assim como eleva as chances da criança ser autista.

Sinais de deficiência de vitamina D

  • Depressão
  • Problemas nos ossos
  • Doenças do coração
  • Risco na gravidez
  • Diabetes
  • Força muscular prejudicada
  • Doenças autoimunes
  • Câncer
  • Gripes e resfriados
  • Risco de morte prematura.

No organismo, ela atua como reguladora do sistema cardiovascular, crescimento, metabolismo e insulina. Mas, qual é a melhor forma de obtenção da vitamina D? 

Confira quais alimentos possuem alto índice de Vitamina D

Apesar da forma mais prática e eficaz de ativar a vitamina D no nosso corpo ser por meio da exposição à luz solar, alguns alimentos também podem contribuir, assim como:

  • Peixes, como o Atum e a Sardinha
  • Óleo de fígado de Bacalhau
  • Cogumelos secos
  • Leite
  • Ovos
  • Fígado bovino

No entanto, só o consumo de alimentos ricos em vitamina D não é o suficiente para suprir as necessidades diárias de um adulto.

Por isso, a exposição solar deve acontecer diariamente, entre 15 e 20 min, preferencialmente pela manhã ou fim de tarde. 

3 formas de como a vitamina D age em algumas partes do organismo

Forma 1 

Primeiramente, no sistema imunológico, a vitamina D é responsável por fortalecer as defesas do nosso corpo. 

Forma 2

Já no coração, ela atua para que não haja acúmulo de cálcio nas artérias.

Promovendo, assim, um melhor funcionamento do órgão e auxiliando na prevenção de problemas como derrame, insuficiência cardíaca e infarto.

Forma 3 

No desempenho físico, a vitamina D age de forma direta no metabolismo muscular. Ela garante uma melhor síntese muscular e recuperação após a realização da atividade física.

Além disso, há estudos que comprovam que ela age como uma importante forma de prevenção de vários tipos de câncer.

Uma vez que ela atua no no processo de diferenciação celular, evitando o aparecimento de células cancerígenas. 

E apesar de não existir nenhuma pesquisa específica, há evidências de que essa vitamina atua no controle do diabetes

Riscos do consumo em excesso de vitamina D

Quando consumida dentro das quantidades recomendadas ela não tem efeitos colaterais. No entanto, quando ingerida em excesso pode prejudicar os rins por causar o aumento da absorção de cálcio. 

Por isso, é importante que o consumo além do recomendado desta vitamina seja feito com acompanhamento médico.

Compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais e ajude mais pessoas a entender a importância dessa vitamina.

Fonte

Leia mais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Participe da nossa newsletter e mantenha-se informado!