Medicamentos referência, similar e genéricos: qual a diferença?

Hoje vamos falar da diferença entre os medicamentos de referência, similares e genéricos. 

Ao entrar na farmácia e entregar a receita para o atendente você fica confuso quando ele te pergunta se você gostaria do medicamento genérico ou de referência? 

E quando ele fala em medicamento similar, você sabe o que isso significa?

Nesse sentido, se você ainda não sabe diferenciar estes tipos de medicamentos, não se preocupe

Vamos te ajudar com esses termos muito usadas na área da saúde, mas que nem sempre são tão claras para todos.

Remédios referência, Similar e Genérico

  • Medicamento de referência: também conhecido por medicamento de marca.

    São medicamentos produzidos por uma farmacêutica que detém sua patente e registro e aprovação na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

    Possui nome comercial. 

  • Medicamento genérico: produzido com o mesmo princípio ativo do medicamento de referência e administrado da mesma forma.

    O genérico trata-se de uma cópia do medicamento de referência, portanto, também tem o registro e aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

    A diferença aqui é que o genérico só pode ser fabricado depois que a patente (exclusividade de fabricação) do medicamento de referência já não está mais em vigor.

    E ele não possui um nome comercial, é  nomeado por meio do princípio ativo. 

  • Medicamento similar: são aqueles que foram testados para o mesmo tipo de tratamento.

Porém o princípio ativo não é exatamente igual ao do genérico e de referência.

Em outras palavras, um medicamento similar só pode substituir seu respectivo medicamento de referência após passar por testes laboratoriais que comprovem a equivalência, iguais aos que são exigidos para os genéricos.

Os que já cumpriram esse processo são chamados de “similares intercambiáveis” ou “similares equivalentes”.

Além disso, eles devem informar na bula que são substitutos aos medicamentos de marca. Vale ressaltar que apenas um médico pode receitar um medicamento similar.

Por fim, os similares podem ser identificados pela marca ou nome comercial. 

Compartilhe este conteúdo e ajude mais pessoas a entenderem as diferenças entre medicamentos de referência, similares e genéricos. 

Fonte

Leia mais: 

Confira cinco exercícios para idosos fazerem em casa
Por que os idosos consomem muitos medicamentos genéricos
Saúde masculina: 5 doenças que mais afetam o homem
Assadura no bebê: saiba como prevenir e tratar de forma segura.
Anticoncepcional durante a amamentação – Mitos e Verdades

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Participe da nossa newsletter e mantenha-se informado!