5 atitudes que ajudam a manter o foco em uma vida mais saudável

A busca por uma vida mais saudável e equilibrada pode ser considerada um consenso entre a maioria dos brasileiros…

Segundo dados coletados pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), oito em cada dez brasileiros se esforçam para ter uma alimentação saudável, ou seja, 80% da população.

No entanto, mesmo que se trate de um sonho em comum, a realidade é que este ainda não passa de um objetivo distante e alcançado por poucos.

Dar início a mudanças de um estilo de vida prejudicial para uma rotina saudável ao mesmo que parece simples, ao longo do tempo tem capacidade de se transformar em um grande desafio.

Por onde começar? Quanto irei gastar? Vou precisar mudar tudo de uma só vez?

Estas e outras perguntas fazem parte do imaginário daqueles que buscam por mudança.

Porém, o que poucos consideram, é que adotar (e manter) novos hábitos saudáveis está mais relacionado às pequenas alterações no dia a dia do que às medidas desesperadas em busca de resultados imediatos e que te farão desistir no meio do caminho.

E você, está pronto para manter o foco neste processo? Confira abaixo 5 dicas incríveis que preparamos para você viver uma vida mais leve, saudável, equilibrada e, principalmente, sem sofrimento.

1. Organize e planeje sua alimentação.

Seja na saúde ou em qualquer área da vida, tudo se torna mais complicado quando não se tem uma organização e planejamento adequado.

Nesse sentido, se fazer dieta parece complicado, sem um plano definido essa será uma missão praticamente difícil de ser cumprida. Dessa forma, separar alguns minutos para planejar o que será consumido ao longo da semana, além de aliviar a correria do dia a dia, evita que você caia nas armadilhas dos lanches ultraprocessados e ricos em gorduras, sódio e açúcar.

Se você consegue preparar diariamente o seu alimento, uma dica é sempre priorizar o preparo dos alimentos frescos e evitar a inserção de frituras e alimentos de baixo teor nutritivo no prato.

Se por outro lado você passa o dia fora de casa, além do almoço (e das recomendações acima) é importante também programar o que será consumido entre as refeições, momento em que naturalmente surgem os salgadinhos, biscoitos e uma vasta opção de alimentos “tentadores”, mas que nada cooperam com os seus objetivos.

Diante disso, estar acompanhado de uma fruta ou um lanche feito em casa, além de econômico, é um antídoto contra o que não traz benefícios.

2. Faça exercícios para se sentir bem, não para perder peso.

Que a prática de exercícios é de extrema importância, você provavelmente já sabe. No entanto, mais do que seguir uma cartilha de atividades monótonas é ter a sensação de que aquilo de alguma forma completa o seu dia.

Imagine só estar preso a uma rotina de atividades que não tem nada a ver com você? Por um momento pode até ser sustentável, mas não vai demorar muito para que você deixe essa prática de lado.

Se por algum motivo a academia ou atividades de musculação não fazem sentido para você, não deixe de buscar outras práticas, como a natação ou a dança. E assim para todas as outras atividades que você se dispõe a fazer.

O importante é não ficar parado…

3. Mantenha uma boa noite de sono

Assim como o planejamento, manter a saúde do sono regular é uma ação capaz de atingir todas as áreas da vida.

Além de reduzir o estresse, ajudar no funcionamento do metabolismo e regular o sistema imunológico, o hábito de dormir com qualidade contribui diretamente no desenvolvimento de uma rotina mais produtiva e disciplinada.

Diante disso, não só manter o pleno funcionamento do corpo, dormir bem é um ato de cultivar o foco em busca dos objetivos.

4. Saudável não precisa ser caro

Um dos grandes mitos atribuídos a uma rotina saudável é de que se trata de algo financeiramente inviável ou que no decorrer do tempo irá se transformar em um grande peso nas finanças.

O que não é bem assim…

Além dos inúmeros benefícios a curto, médio e longo prazo, manter o foco em uma alimentação saudável pode ser uma das melhores maneiras de economizar dinheiro, como, por exemplo, comer em casa com mais frequência do que comer fora ou adicionar em verduras e legumes o que geralmente se gasta com fast foods.

5. Esteja cercado de pessoas com o mesmo objetivo que você.

Sim, é possível atingir todos os seus objetivos referentes a uma vida saudável de forma totalmente independente, mas se o seu objetivo é tornar essa missão mais leve e com menor chance de evasão… vá acompanhado.

Seja nos treinos, na alimentação ou até mesmo no compartilhamento da rotina, estar ao lado de outras pessoas pode ser um importante fator para o sucesso de suas metas.

Mas, atenção! Mais do que o número, a qualidade aqui é muito importante…

Dessa forma, pessoas negativas e que te puxam pra baixo não contribuem nada para o seu desenvolvimento, sendo assim, escolher pessoas com o mesmo objetivo que você é fundamental.

Fontes: Agência Brasil; Universidade de São Paulo (USP); Saúde Brasil.

Leia mais:

5 formas simples de aumentar a qualidade de vida

Qualidade de vida e a importância de cuidar de si mesmo

Alergias Respiratórias: o que são e como evitar?

Tosse: qual xarope eu tomo?

Anticoncepcional durante a amamentação – Mitos e Verdades

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Participe da nossa newsletter e mantenha-se informado!