Fisioterapia preventiva = longevidade na terceira idade

Atualmente, a fisioterapia preventiva é uma prática adotada com frequência, como forma de garantir a longevidade na terceira idade. Nessa fase da vida, é comum a presença de mudanças e readaptações devido a problemas de saúde que podem ser físicos e mentais.

Com a redução da flexibilidade, força muscular, equilíbrio e outros fatores, a prática de atividades se torna muito importante. Contudo, muitas vezes pode ser complexa diante do enfraquecimento de tendões, músculos e ossos.

Essas atividades podem ser substituídas pela fisioterapia preventiva. Por isso, desenvolvemos o conteúdo a seguir com mais informações sobre o assunto, para que você saiba os benefícios que essa prática traz para seu futuro. Acompanhe!

O que é fisioterapia preventiva?

A fisioterapia preventiva é um conjunto de exercícios físicos e respiratórios que têm como objetivo manter a funcionalidade do corpo e o bem-estar da pessoa no futuro, além de evitar ou retardar complicações.

Essa modalidade de fisioterapia é comumente indicada para pessoas com mais de 60 anos na tentativa de reverter quadros de fraqueza muscular, degeneração das articulações, dores, diminuição da agilidade e falta de equilíbrio.

Os principais objetivos da fisioterapia preventiva envolvem a preservação da função motora, o adiamento da incapacidade decorrente do processo de envelhecimento e prevenção de quedas e outros acidentes.

Como ela funciona?

De forma geral, a fisioterapia preventiva envolve diversos exercícios físicos e respiratórios, por meio de técnicas de alongamento, correção de postura, treinamento físico, terapias manuais e outras.

A prática atua em todos os níveis da saúde e busca manter ou melhorar o estado funcional da pessoa. Essa modalidade também trata disfunções como forma de recuperar movimentos ou lesões em pessoas com idade mais avançada. Por esse motivo, o tratamento requer profissionais especializados, além de individualizado.

Qual a importância da fisioterapia preventiva?

A fisioterapia preventiva contribui para a prevenção de lesões, evitando que uma série de doenças apareçam.

Além disso, a fisioterapia é um método de prevenção para o dia a dia e pode ser adaptada para cada pessoa, de acordo com a necessidade de cada um. Ou seja, a série de exercícios de fisioterapia preventiva escolhidos por cada profissional deve variar conforme a idade, grupo de risco, profissão e necessidade individual de cada pessoa.

Porque a fisioterapia preventiva é recomendada na terceira idade?

Pelo avanço da idade, já é esperado que as pessoas apresentem perdas naturais significativas, como degeneração de músculos, ossos e órgãos. Nesse sentido, a fisioterapia preventiva é uma aliada, pois ajuda na prevenção de doenças comuns com o envelhecimento e, por isso, é recomendada para idosos.

Ela ajuda a prevenir doenças como diabetes, hipertensão arterial, doenças cardíacas, osteoporose, hérnias de disco, tendinites, bursites, artrose e outras. Além disso, é muito importante para o controle de dores articulares, tratamento de ansiedade, insônia e depressão.

Entre os principais benefícios da fisioterapia preventiva na terceira idade, estão:

  • aumento dos estímulos de natureza emocional, intelectual, física e social;
  • prevenção de complicações cardiovasculares;
  • prevenção a complicações respiratórias;
  • aumento da capacidade funcional;
  • estímulo da coordenação motora;
  • aumento da força muscular;
  • melhora a flexibilidade;
  • melhora o equilíbrio;
  • previne a quedas.

Você pôde conhecer na leitura de hoje um pouco mais sobre a fisioterapia preventiva e sua importância para a longevidade, garantindo qualidade de vida e bem-estar na terceira idade.

Gostou destas informações? Então, assine nossa newsletter para não perder nenhuma novidade!

Texto: Eliza Inaê – enfermeira especialista em Oncologia (Unoeste) e Enfermagem em UTI (Uningá)

Fontes: EEFFTO, Fisiotrauma, Miotec

Leia mais:

Como o exercício físico pode melhorar a sua qualidade de vida

Insônia: o que fazer para dormir melhor.

Confira cinco exercícios para idosos fazerem em casa

Tosse: qual xarope eu tomo?

Motivação, força de vontade e o sentido de vida

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on email

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Participe da nossa newsletter e mantenha-se informado!